Tenente-Brigadeiro Bermudez assume a Força Aérea Brasileira

Fonte: FAB - CECOMSAER 14/01/2019

Na presença do novo Presidente da República, Jair Bolsonaro, e do novo Ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, o Tenente-Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez assumiu o cargo de Comandante da Força Aérea Brasileira (FAB). A solenidade de passagem de comando aconteceu nesta  sexta-feira (4), na Ala 1, em Brasília (DF), e também marcou a despedida do Tenente-Brigadeiro do Ar Nivaldo Luiz Rossato – que esteve à frente da instituição nos últimos quatro anos.

Em suas palavras de despedida, o Tenente-Brigadeiro Rossato agradeceu aos familiares, às demais autoridades que cooperaram com seu comando, aos superiores e aos subordinados. Também destacou aquela que foi sua principal bandeira: o processo de Reestruturação administrativa e operacional da Força. Segundo ele, nos últimos quatro anos, foram tomadas medidas necessárias à pavimentação de um poder aéreo condizente com a estrutura geopolítica brasileira. 

Ele terminou seu discurso falando sobre futuro e pedindo às pessoas que confiem nas instituições militares brasileiras. "Confiem e apoiem a Força Aérea; confiem e apoiem as instituições militares. Como minhas últimas palavras, a partir de agora, após 50 anos vivendo integralmente dentro da Força Aérea, ela passa a ser uma feliz lembrança, com a certeza que as gerações mais jovens, treinadas e capazes, saberão conduzir com maestria os destinos da Força Aérea Brasileira", disse o Tenente-Brigadeiro Rossato. 

 O Comandante substituído teve sua trajetória na FAB repassada pelo Ministro da Defesa, que também fez uso da palavra durante a cerimônia. Fernando Azevedo falou sobre a atuação do Tenente-Brigadeiro Rossato, com destaque para o trabalho de integração do país na Região Amazônica, a sedimentação do conceito da Dimensão 22 - que explica à sociedade o cenário tridimensional de 22 milhões de quilômetros quadrados em que se dá a atuação da FAB. "Outro feito foi a aquisição de novos vetores, como a aeronave multimissão KC-390, que certamente vai atender às necessidades das três Forças. E também receberemos os caças inteligentes Gripen NG", discursou o ministro. Ao Tenente-Brigadeiro Bermudez, ele desejou "bom voo à frente da nossa FAB". 

O novo Comandante destacou, em seu discurso, a importância da modernização da Força, da incorporação de novas tecnologias, da qualificação do pessoal e reafirmou seu propósito de que o Brasil continuará sempre acima de tudo. Ele disse estar honrado pelo cargo que assumiu e que pretende dar continuidade ao legado de sucesso deixado pelos antecessores. "Que nós possamos defender os objetivos maiores da Aeronáutica, pois são parcelas dos interesses nacionais", afirmou o novo Comandante. 

Fotos: Sargentos Bianca Viol e Bruno Batista / CECOMSAER

Comitês

Comitê de Simulação e Treinamento

Comitê de Cibernética

Comitê de VNT

Comitê de Segurança Alimentar

Comitê de Segurança Pública

Parceiros
Forças Armadas e de Segurança