ABIMDE se reúne com órgãos do Ministério da Justiça para garantir espaço no mercado nacional de Segurança Pública

Fonte: ABIMDE 18/09/2020

A ABIMDE realizou, entre os dias 9 e 11 de setembro, encontros com órgãos do Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) para obter esclarecimentos sobre a intenção da pasta abrir um escritório para aquisições nos EUA. A Associação demonstrou preocupação com a notícia, que poderia causar impacto econômico nas empresas da Base Industrial de Defesa e Segurança (BIDS).

As audiências foram solicitadas após a jornalista Bela Megale, do jornal “O Globo”, informar que seria criado um escritório de compras do MJSP em Washington DC (EUA). Segundo a coluna, publicada no dia 27 de agosto, a medida permitiria “uma economia de mais de 40% em relação às aquisições feitas hoje no Brasil”.

A publicação da coluna provocou reação imediata da ABIMDE, que emitiu uma nota de repúdio no mesmo dia.

A coordenação do COMSEG/ABIMDE – Comitê de Segurança Pública, em conjunto com a Diretoria da Associação, realizou reuniões com a Diretoria de Logística da Polícia Federal (DLOG) e a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), esta por meio da Comissão de Prospecção de Inovações, Soluções Tecnológicas e Aquisições (COPAQ). Na ocasião, a Polícia Federal esclareceu que o futuro escritório no exterior terá, dentre outras atribuições, a de dar suporte aos adidos policiais no exterior, trabalhar no intercambio de ensino e treinamento policial e, apenas quando for necessário, realizar aquisições não atendidas pelo mercado nacional.

“Nestes encontros ficou evidenciada a sensibilidade dos agentes públicos aos esforços conjuntos para a construção de uma BIDS sólida e estratégica, para benefício da economia e da soberania do Brasil”, informou a coordenação do Comitê de Segurança Pública da ABIMDE. “Tanto a DLOG quanto a COPAQ reafirmaram o compromisso no sentido de priorizarem o atendimento de suas necessidades de equipamentos e serviços pela indústria nacional”, concluiu.

Demandas

Com base na Portaria nº 104/2020, do Ministério da Justiça, que instituiu o “Programa Nacional de Normalização e Certificação de Produtos de Segurança Pública", a COPAQ solicitou apoio à ABIMDE para a divulgação e requisição de soluções para “ensaios não destrutivos” voltadas para o emprego no âmbito da segurança pública. Esses ensaios são de interesse público, principalmente de órgãos de segurança pública federais, estaduais e municipais. Ao final do ensaio do produto, será emitida uma Nota Técnica.

O caminho do diálogo está aberto, a BIDS está comprometida com Brasil e, com o apoio da ABIMDE, as empresas brasileiras vão avançar para que o país seja cada vez mais autossuficiente no setor de Defesa e Segurança.

Comitês

Comitê de Simulação e Treinamento

Comitê de Cibernética

Comitê de VNT

Comitê de Segurança Alimentar

Comitê de Segurança Pública

Parceiros
Forças Armadas e de Segurança