A PHP Error was encountered

Severity: Warning

Message: Missing argument 2 for News::index()

Filename: controllers/news.php

Line Number: 18

ABIMDE
Atendimento +55 11 3170-1860

12/01/2018FAB é responsável pelo tráfego aéreo mais movimentado das Américas

Fonte: FAB

Um levantamento da OAG – agência internacional de informações sobre aviação – publicado pelo jornal britânico The Telegraph - aponta que a rota Rio de Janeiro – São Paulo é a quinta mais movimentada do mundo. Os trechos entre Jeju e Seul, na Coreia do Norte, Melbourne e Sidney, na Austrália, Mumbai e Delhi, na Índia e Fukuoka e Tokio, no Japão, ocupam as primeiras posições no ranking da OAG.

De acordo com o levantamento, na rota Rio de Janeiro – São Paulo, foram registradas 39.325 decolagens em 2017, com a média de pontualidade de 80,1%. O tráfego aéreo mais movimentado das Américas é gerenciado pelo Serviço Regional de Proteção ao Voo de São Paulo (SRPV-SP), organização do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA). 

Rotas Domésticas mais movimentadas do mundo / Jornal The Telegraph

Com tamanha demanda, os controladores de tráfego aéreo passam por treinamentos intensivos, e desenvolvem, dentre outras habilidades, a concentração e o trabalho em equipe para a atuação diária. De acordo com o Major Aviador Fábio Lourenço Carneiro Barbosa, Comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo do Galeão (DTCEA-GL), a garantia da qualidade de vida dos controladores é uma preocupação constante. “A rotina de trabalho destes profissionais é balanceada com folgas e descanso durante os turnos de serviço, além de avaliação física e médica anual. O acompanhamento psicológico e o desenvolvimento de habilidades não técnicas, como atenção, memória, raciocínio espacial e resiliência ao estresse, também são fundamentais para que sempre executem seu trabalho com segurança, satisfação e eficiência”, afirma o Major Barbosa. 

Além da atenção ao fator humano, o DECEA investe constantemente em tecnologia e treinamentos para otimizar as atividades relacionadas a comunicações, empregando radares e consoles de visualização similares aos usados na Europa. “Nossos controladores recebem treinamento teórico constante, além da participação de treinamento prático em simuladores, que reproduzem uma grande quantidade de eventos críticos, como falhas de comunicação entre aeronaves, por exemplo, para que exercitem a melhor atitude a ser tomada em situações similares”, ressalta o Major Robson Laube Roque Moreira, Comandante do Destacamento de Controle do Espaço Aéreo de São Paulo (DTCEA-SP). 

Controle de Aproximação de São Paulo, conhecido como APP-SP

O espaço aéreo entre o Rio de Janeiro e São Paulo, conhecido entre pilotos e controladores como “Tubulão”, liga duas metrópoles brasileiras e passa pelo Vale do Paraíba, região de grande importância industrial e tecnológica para o País. “Nosso trabalho é garantir a fluidez e a segurança do tráfego aéreo, que contribui para o desenvolvimento do Brasil. Mais de um milhão de voos passam anualmente pelo eixo Rio-São Paulo com segurança e nos orgulhamos desta missão”, pontua o Coronel Anderson da Costa Turola, Chefe do SRVP-SP.

FORÇAS ARMADAS