Indústria de defesa se mobiliza contra o coronavírus

Fonte: Abimde 23/03/2020

ABIMDE cria Grupo de Trabalho, que tem por objetivo sincronizar as suas ações para atender as necessidades do Governo no combate à pandemia Covid-19 com suas cerca de 200 empresas associadas

 

A indústria de defesa do Brasil está se mobilizando, por meio da Associação Brasileira das Indústrias de Materiais de Defesa e Segurança (ABIMDE), para apoiar o Governo no combate ao novo coronavírus no país e dar suporte à população e à sociedade.

Na tarde deste sábado (21), o Presidente da entidade, Roberto Gallo, e integrantes dos Conselhos Fiscal e Diretor da associação estiveram reunidos para debater e consolidar a formação de um Grupo de Trabalho que tem como objetivo principal sincronizar suas ações para responder, com suas cerca de 200 empresas associadas, as necessidades do Governo para o combate à pandemia Covid-19.

Batizado de Grupo de Trabalho CORONA, atuará de forma coordenada com a Secretaria de Defesa de Produtos de Defesa (SEPROD – Ministério da Defesa),  que estará à frente de sugestões de ações executivas para engajamento das associadas da ABIMDE junto às necessidades do Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19 (CCSMIC-19), montado pela Casa Civil da Presidência da República, sob a coordenação do General Walter Braga Netto, para atuar de forma integrada com o Grupo Executivo Interministerial de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional e Internacional do qual o Ministério da Defesa faz parte, de acordo com o que trata o Decreto nº 10.211, de 30 de janeiro de 2020.

 “A pandemia causada pelo novo coronavírus vem trazendo ao mundo desafios e incertezas de forma altamente dinâmica. Nesse contexto de grande comoção nacional, a ABIMDE se disponibiliza para apoiar o Governo no que for preciso para a contenção da proliferação da Covid-19. Possuímos cerca de 200 empresas associadas nas mais diferentes áreas de atuação, muitas delas com produtos e serviços duais, que atendem tanto o segmento militar quanto o civil. Acreditamos que possamos contribuir de forma positiva frente às necessidades que o governo apontar em regime especial de aquisição para o combate à essa pandemia”, comenta Roberto Gallo, presidente da associação.

Com este GT, a entidade pretende reforçar não apenas a questão da dualidade de suas indústrias, mas principalmente fortalecer a atitude social, mostrando o quanto o setor de Defesa pode contribuir com a nação neste momento de crise.

O próximo passo do grupo de trabalho será enviar uma carta à SEPROD, comunicando sua existência, colocando-se à disposição do Governo para o que for necessário em termos de tecnologia para barrar o avanço do vírus no país, e o que a ABIMDE estará fazendo e se posicionando frente a essa situação de pandemia no que se refere ao bem coletivo da nação.

“O principal neste cenário em que nos encontramos é unirmos forças. O GT-CORONA tem como objetivo conectar Governo e empresas para que, juntos, possam formar uma frente de combate a esse terrível vírus, sendo o seu principal foco auxiliar na facilitação das oportunidades para que o Governo tenha acesso a todos os tipos de produtos, serviços e tecnologias que a Base Industrial de Defesa pode oferecer neste momento tão delicado”, finaliza Auro Azeredo, coordenador do GT-CORONA da ABIMDE.

Mais informações:

Rossi Comunicação

Valéria Rossi | (11) 9 9348-8562

Claudia Pereira | (11) 9 9415-1457

Comitês

Comitê de Simulação e Treinamento

Comitê de Cibernética

Comitê de VNT

Comitê de Segurança Alimentar

Comitê de Segurança Pública

Parceiros
Forças Armadas e de Segurança